Empreender depois de ser mãe pode ser mais desafiador do que mostram as redes sociais


Redação It Mãe
por: Redação It Mãe
Nosso it-team produz o conteúdo mais antenado para mães
Empreender depois de ser mãe pode ser desafiador It Mãe

Empreender depois se ser mãe não é uma tarefa fácil. Segundo uma pesquisa feita com 250 mil mulheres pela Escola Brasileira de Economia e Finanças da FGV (Fundação Getúlio Vargas), 50% delas perderam o emprego um ano após o início da licença-maternidade.

Entre aquelas que precisaram pedir demissão da empresa, 52% afirmou que o fez porque não havia flexibilidade de horários para administrar uma rotina que aliasse trabalho e filhos. Uma triste realidade…

Desta forma, demitidas de surpresa ou forçadas a pedir demissão, muitas mulheres se veem desesperadas para encontrar uma fonte de renda. Com isso, são praticamente forçadas a empreender, já que vem poucas chances de voltar ao mercado de trabalho após a demissão.

Mas, existe um problema: empreender do dia para a noite não é o cenário ideal. Afinal, ter o próprio negócio exige preparo prévio, estudo e análise de mercado. Como a demissão do emprego formal chega de repente e, por isso, as mulheres são obrigadas a usar a criatividade, muitas vezes não saberão enfrentar as dificuldades e desafios que a vida de negócios colocará em seus caminhos.

Essas dificuldades incluem coisas aparentemente simples: como abertura de uma empresa e emissão de nota fiscal. Mas podem aparecer algumas questões mais complicadas como a captação e fidelização de clientes, divulgação em redes sociais e, é claro, o tão esperado lucro.

Ou seja, são consequências diretas da falta de tempo. Além de que, muitas vezes, não há recursos para fazer cursos que capacitam alguém que nunca teve envolvimento com empreendimentos a fazê-los com maior tranquilidade.

A equação para resolver isso é complexa e varia bastante de caso para caso, mas algumas coisas são essenciais, como se aprofundar na área através de cursos como os do Sebrae, buscar apoio de um parceiro ou até familiar para receber ajuda na hora de cuidar do seu filho, por exemplo, para que seja possível dedicar algum tempo ao negócio também.

Curtiu a matéria? Então, não deixe de seguir o It Mãe nas redes sociais @itmae para ficar por dentro de todas as novidades do universo materno!
  • Redação It Mãe

    Nossa equipe está sempre super antenada produzindo o melhor conteúdo para as mães. Tem alguma sugestão? Mande para contato@itmae.com.br

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)