10 dicas para a viagem de avião com crianças


Redação It Mãe
por: Redação It Mãe
Nosso it-team produz o conteúdo mais antenado para mães
Viagem de avião com crianças It Mãe

Viajar é uma delícia, mas uma viagem de avião com crianças pode também ser uma experiência estressante. Afinal, fazer as malas, a espera para o embarque, as contas para caber no orçamento… não são coisas muito simples de lidar. Imagine ainda se isso for agravado pela presença de crianças que não sabem ficar quietas por muito tempo?

Pois é, uma viagem de avião com as crianças é ótimo, mas precisa ser uma situação muito bem pensada para dar certo sem grandes problemas. Independente da idade, cada criança terá suas particularidades e desafios para transpor.

Por isso, separamos dez dicas essenciais para a viagem de avião com as crianças:

1- Planejamento

Se uma viagem exige planejamento, quando tratamos de incluir crianças na viagem, o planejamento se torna algo muito mais necessário e detalhado. É preciso, além de pensar nos seus documentos e pertences, pensar nas coisinhas de seus filhos também.

Vale fazer uma lista nos dias que antecedem a viagem e só sair de casa quando tiver certeza que tudo está nas malas. A criança, independente da idade, não pode embarcar se não tiver um documento original com foto, por exemplo.

2- Conforto

Todos nós, independente da idade, precisamos de conforto para lidar com situações que fogem de nosso controle. Estar em um avião por horas seguidas nos obriga a estar em posições específicas por muito tempo, estamos literalmente preso. 

Por isso, tente manter as crianças confortáveis a todo custo. Coloque as roupas preferidas, carregue os travesseiros, tenha os brinquedos preferidos ao alcance… vale qualquer coisa para que elas não se sintam desconfortáveis e consequentemente fiquem chatas.

3- Entretenimento

Se a viagem for muito longa e durante o dia você vai ter que se desdobrar em mil para conseguir manter as crianças entretidas. Por isso, vale a pena investir em um voo que tenha um período em que elas costumam tirar longas sonecas.

No entanto, se o sono não vier, vale tudo. Música, jogos, filmes, livros, brinquedos. Uma dica boa é dar algum brinquedo novo ou algum que a criança gosta muito mas que você tenha tirado do alcance dela uns dias antes. Afinal, para os pequenos tudo que é novidade atrai muito mais a atenção.

4- Necessidades básicas sempre atendidas

Tenha sempre um lanchinho ao alcance, não hesite em pedir água aos comissários de bordo e enfrente o micro banheiro quantas vezes for necessário. Se for um bebê, jamais esqueça de dar a mamadeira no horário em que ele está acostumado.

Assim como os adultos as crianças tendem a ficar mais chatas quando não tem suas necessidades básicas atendidas. A diferença é que elas não fazem o menor esforço para se controlar.

5- Espaço

Viajar de avião é sinônimo de falta de espaço. Se para nós é uma situação difícil, para as crianças fica ainda mais. Principalmente se ela ainda estiver em uma idade em que não entende a necessidade de ficar naquele lugar por tanto tempo seguido.

Neste caso, uma boa dica, se o orçamento permitir, é comprar um assento a mais para que ela tenha mais espaço para se movimentar. A classe executiva também costuma ser mais espaçosa e uma boa opção.

6- Paciência e compreensão

Ser uma mãe paciente e compreensiva fará toda a diferença durante a viagem. Por mais que a criança esteja difícil e a situação se mostre cansativa, quanto mais calma você conseguir se manter melhor será.

A ansiedade de uma mãe sempre passa para o filho, e a irritação torna tudo pior do que verdadeiramente é. Tente também não pensar no que os outros estão pensando caso seu bebê chore, por exemplo. 

O que importa é o seu bem-estar e o das crianças.

7- Descanso

Aqui a dica é oposta para os pais e para os filhos. Para os pais o ideal é que tentem ir viajar descansados ao máximo, afinal por mais dicas que vocês sigam o fato é que será cansativo.

Já para as crianças, o ideal é que elas viagem o mais cansadas possíveis. Com a energia em baixa pode ser que o sono chegue e elas durmam a maior parte da viagem. Por isso, vale deixar que elas brinquem bastante antes de embarcar.

8- Bagagem de mão

Essa bagagem deve conter tudo que você precisa ter acesso durante sua viagem, então não economize na hora de colocar lanchinhos, brinquedos, troca de roupas, acessórios necessários para troca de fraldas ou higiene pessoal. A bagagem de mão é sua grande aliada!

9-  Aceite ajuda

Não tente jamais ser uma super mãe. Você vai precisar de ajuda e se te oferecerem deve ser muito agradecida. Caso você viaje com família divida as tarefas, revezar em turnos pode ser uma boa ideia, assim enquanto um descansa o outro fica de olho nas crianças.

Caso você viaje sozinha com as crianças aceitar ajuda de desconhecidos pode ser uma verdadeira benção. Óbvio que você não vai deixar seu filho sob os cuidados com um desconhecido, mas por que não aceitar que a colega da cadeira ao lado faça a mamadeira?

10 – Pense em você

Sim, eu sei bem que mãe nunca pensa em si mesmo. Mas acredite, é necessário. E quando você passar a pensar mais em você, automaticamente as coisas funcionarão melhor.

Ou seja, todas as dicas sobre conforto, lanchinhos, descanso e entretenimento também se aplicam a você e devem ser seguidas à risca, dentro do possível.

Para você se sentir ainda mais segura na sua próxima viagem de avião com os pequenos confira as outras matérias sobre o assunto que já publicamos aqui. Uma delas é especial sobre crianças pequenas, outra com dicas de organização para viagens com bebês e uma bem importante: como evitar perrengues na viagem com seu bebê!
Matérias relacionadas:

  • Redação It Mãe

    Nossa equipe está sempre super antenada produzindo o melhor conteúdo para as mães. Tem alguma sugestão? Mande para contato@itmae.com.br

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)