Como montar um quarto que você possa reaproveitar na transição de cada fase


Redação It Mãe
por: Redação It Mãe
Nosso it-team produz o conteúdo mais antenado para mães

Inspire-se em nossa seleção para lá de especial

Decorar um quarto infantil é sempre um desafio… Conforme o tempo vai passando e os gostos da criança vai mudando, é natural que ela exija algumas (ou muitas) mudanças no ambiente em que dorme, descansa e passa boa parte do seu tempo.

Se você deseja se antecipar a algumas destas mudanças, que acontecem entre as fases de recém-nascido para criança, quando o ambiente deixa de ser um berçário e passa a ser um quarto, de fato, de criança para pré-adolescente e, em seguida, para adolescente, veja dicas de como montar um quarto que você possa reaproveitar em cada transição.

Se o seu filho é muito fã de futebol, fazer as transições, mas manter o tema presente é uma boa ideia. Repare que as cores que combinam tons claros e escuros, ideal para crianças de todas as idades.

Uma dica importante que serve não só para este quarto, mas para qualquer outro: apostar em papéis de parede, como neste exemplo, é uma boa ideia para evitar o manuseio de tintas a cada fase do processo de crescimento da sua filha, já que é muito mais simples e prático trocar o papel de parede.

Este é um quarto bastante adaptável para o processo de transição e crescimento de uma criança. É bem provável que, conforme for se aproximando da fase da adolescência, seu filho/sua filha deseje atualizar as cores para deixar o ambiente mais “sério” e menos fofo.

Apostar em cores de tons menos “fofos” é uma boa ideia para evitar trocar a mobília, o papel de parede e a decoração conforme o filho for crescendo. Um azul mais escuro e, portanto, com cara mais séria, além de tons de cinza, é uma boa ideia para decorar um quarto infantil.

Decorar um quarto que será dividido entre irmãos é ainda mais complicado, porque pouco a pouco cada um vai desenvolvendo sua própria personalidade, o que causa conflitos e diferenças no modo como imaginam o ambiente de descanso, por isso é bom apostar nas cores mais neutras e em bastante espaço para cada um ter o seu canto, como aqueles armários com nichos.

Pouco espaço e um quarto pequeno não são desculpas para não caprichar na decoração e criar um ambiente legal para o crescimento dos filhos. Veja como, mesmo em um quarto com espaço reduzido, é possível posicionar berço e cama.

Este é um quarto com cores mais “sérias”, que facilmente se passaria até mesmo por um quarto de adulto. O uso de cores menos “fofas” é uma boa solução, já que a pré-adolescência vem com aquela fase em que seu filho negará tudo o que soe e pareça mais infantil.

Se você tem mais espaço no quarto do seu filho, obviamente é possível ousar mais na decoração e incluir mais móveis. Repare, neste caso, como é possível marcar posições na decoração para substituir alguns móveis conforme o tempo for passando.

O lugar ocupado por aqueles dois móveis acolchoados em breve será ocupado por uma cama, assim como a pequena mesinha ao fundo precisará acompanhar o crescimento do seu filho.

Este é um bom exemplo de um quarto de pré-adolescente, mas que serve tanto para uma criança quanto para um adolescente. Com um ambiente de estudo e estantes de nicho para seu filho/sua filha exercer seus gostos e marcar seu espaço, este ambiente ainda preserva certa fofura e sensação de inocência da infância.

Tem um espaço sobrando no quarto e quer apostar em algum móvel que não será substituído em um ano ou dois? Prateleiras e pequenas estantes são sempre boas opções, porque servem para armazenar objetos úteis e brinquedos quando o filho é pequeno e dá espaço para ele escolher sua própria decoração com os objetos de seu gosto, conforme vai crescendo.

Este quarto é um bom exemplo de quarto de transição. Repare como apenas a cama e alguns elementos decorativos dão uma cara mais de bebê ao ambiente. Os outros objetos, como o armário à esquerda e a estantezinha à direita, serão perfeitamente reaproveitados conforme a filha for crescendo. Até mesmo as cores podem ser mantidas.

Este é provavelmente um quarto que passará por muitas transformações ao longo do tempo, mas seus espaços foram calculados com inteligência. O vão embaixo da cama, por exemplo, onde há uma “cabaninha” pode virar uma mesa e ambiente de estudo. E o espaço ocupado pela tenda pode ganhar uma cômoda com televisão posicionada na diagonal.

Este é outro quarto que pode muito bem ser reaproveitado em cada fase. Quando o berço não for mais necessário, pode ser substituído por uma cômoda na mesma posição. A cama que virá poderá ser posicionada onde encontra-se o móvel estofado.

Pouco espaço e quer ousar e evitar o modelo tradicional de beliche? Olha só que ideia legal! Conforme os filhos forem crescendo, e o espacinho de estudo e maquiagem/cosméticos abaixo da cama nem precisa ser muito atualizado com o passar dos anos, já que tem uma cara bastante neutra.

No Guia It Mãe, você encontra uma seleção especial de fornecedores especialistas em design divertido para fazer essa atualização no quarto dos pequenos da melhor forma possível.


  • Redação It Mãe

    Nossa equipe está sempre super antenada produzindo o melhor conteúdo para as mães. Tem alguma sugestão? Mande para contato@itmae.com.br

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e
serviços que facilitam sua vida de mãe ;)