O dia do hidratante


Daniela Folloni
por: Daniela Folloni
Jornalista fundadora e diretora de conteúdo do Portal It Mãe

Tenho uma amiga que, desde os primeiros meses do filho, fazia Shantala na criança. Coincidência ou não, o bebê dela nunca teve crises de cólica e logo começou a dormir a noite inteira. Ela não é a primeira nem a única mãe que presenciou benefícios reais da massagem no bebê.

O fato é que nem sempre a gente acredita no poder que as nossas mãos, ou melhor, o nosso amor de mãe transmitido por elas, tem no bebê. Sei que não é fácil manter a calma diante de uma crise de cólica de um recém-nascido (e sei também que nem adianta tentar armar um ambiente zen nesse momento!).

Por outro lado, acredito que a gente precisa se dar a chance de lançar mão dessas técnicas naturais sempre que possível. A correria do dia a dia faz com que a gente queria ser cada vez mais prática, com isso, acabe tocando cada vez menos em nosso próprio filho, já reparou nisso?

Aqui em casa, especialmente nos fins de semana, quando dá mais tempo, faço o ritual do hidratante nas crianças. Depois do banho, eles ganham uma massagem de creme e adoram! Descobri como esse momento de ficar cuidando da cria – e que depende apenas de óleozinho ou um creminho – faz diferença na nossa relação. Explico: quando alguém está de mau humor, eu já lanço um: “Vem cá, deixa eu te fazer uma massagem…” e o bravinho da vez já desmonta a abre um sorriso.

Um beijo,

Dani Folloni

 

  • Daniela Folloni

    Jornalista, mãe de Isabela e Felipe, trabalhou nas revistas Vogue, Cosmopolitan e Claudia. Acredita que toda mãe merece sucesso, diversão, romance e oito horas de sono

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)