Como educar com leveza em tempos difíceis?


Redação It Mãe
por: Redação It Mãe
Nosso it-team produz o conteúdo mais antenado para mães
Educar com leveza - Bete P. Rodrigues - Disciplina Positiva Brasil - It Mãe

Educar em casa e com leveza em tempos tão difíceis em que estamos vivendo tem sido um verdadeiro desafio, não é? Por isso, buscar ajuda com quem realmente entende do assunto é essencial e muito mais prático.

A especialista em educação parental e uma das precursoras da Disciplina Positiva no Brasil, Bete P. Rodrigues, divide com a gente ferramentas que ajudam nessa jornada de educar com leveza, sem permissividade e rigidez.

Para começar, Bete conta quais são as principais reclamações que recebe em relação à educação das kids. “Geralmente, são sobre ataques de birra, choro, agressividade e  teimosia. Outro ponto também são os conflitos entre irmãos, brigas e o não cumprimento de acordos. Mais uma reclamação que eu sempre escuto é sobre as crianças estarem desmotivadas, pais que não conseguem manter uma comunicação com os pequenos, já que eles não saem do celular, não cooperam e não fazem nada em casa. A lista é bem longa!”.

Por outro lado, a profissional explica que, diferente do que muita gente pensa, a Disciplina Positiva não é um método mágico e sim uma ajuda. “É preciso ressaltar que não existe uma fórmula mágica, que eu digo: ‘Faça isso que vai dar certo em todas as situações com seus filhos'”.

Porém, através dela, é possível achar a melhor solução e colocar em prática essa forma de educar com leveza: “Mas, a boa notícia é que nos conseguimos identificar o motivo dessas determinadas situações. Quais ferramentas usar que sejam mais estratégicas, sábias, respeitosas, empáticas e encorajadoras para que nossos filhos reajam de uma forma diferente”.

Aliás, a educadora explica quais os principais motivos das explosões das crianças. “Na maioria das vezes, são necessidades não atendidas e que nós, adultos, não estamos sabendo compreender. Então, a Disciplina Positiva nos apresenta as principais crenças por trás do comportamento dos nossos filhos. Às vezes, eles fazem isso, pois querem nossa atenção ou acham que precisam sempre ter a última palavra para serem ouvidos”.

Educar com leveza X pandemia

Durante a pandemia, muitas mães acabaram mostrando suas “piores versões”, mas Bete ressalta que isso é completamente normal e aceitável.

“É impossível um ser humano consciente e com compaixão que não esteja, pelo menos, sentindo preocupação, irritação, tristeza, medo, saudade, pânico, depressão e raiva. O estresse de nós estarmos vivendo uma verdadeira guerra a tanto tempo e nas mesmas condições, é inevitável não se abalar. Nós estamos sobrecarregados! Está difícil para todo mundo. Não estamos na nossa melhor versão por diversos motivos que nos afetam. E acabamos estourando com as pessoas que estão mais próximas, filhos e companheiros”.

Apesar disso, precisamos dar o exemplo para nossos pequenos: “Nesses momentos, a gente acaba esquecendo como nos somos os exemplos e como nossos filhos aprendem através das nossas atitudes. Por isso, precisamos olhar para nós de uma forma mais consciente. Esse autocuidado é essencial”.

Como ajudar as kids a lidarem melhor com as emoções durante esse período

E as kids também estão enfrentando uma situação anormal, mas que podemos ajudá-las a lidar com isso. “Dentro do possível, uma forma de diminuir o estresse de todos, é trazer mais leveza para dentro de casa. Nós, pais e mães, deveríamos estar ajudando nossos filhos a desenvolverem capacidades socioemocionais durante a pandemia. Ensinar nossos filhos a como lidar com todas as emoções, mas sendo honestos e explicando que, às vezes, a gente perde a cabeça, mas que precisamos aprender a lidar com isso da melhor forma”

E continuou: “Outro ponto é exigir menos de você e também dos filhos. Traga mais leveza às tarefas diárias, tire um tempo a mais para ter esses momentos de união com seu pequeno. Crie o maior número de situações possíveis para essa criança interagir e brincar com muita criatividade”.

Por fim, a educadora aponta que a Disciplina Positiva ajuda a encontrar o equilíbrio entre educar com leveza e firmeza, ao mesmo tempo.

“A abordagem positiva é assertiva, respeitosa e encorajadora. A Disciplina Positiva não é uma abordagem permissiva, ao contrário, é uma abordagem não permissiva e não punitiva. Ela faz a gente encontrar esse equilíbrio entre gentileza e firmeza para criarmos crianças melhores e mais empáticas”.

SERVIÇO PARA IT MÃES

Aliás, para saber mais detalhes sobre como educar com leveza, é só entrar em contato com a Bete P. Rodrigues através do telefone (11) 9 7541-3385, site oficial e também pelas redes sociais @disciplinapositivabrasil.

*publieditorial    

  • Redação It Mãe

    Nossa equipe está sempre super antenada produzindo o melhor conteúdo para as mães. Tem alguma sugestão? Mande para contato@itmae.com.br

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)