5 coisas que os bebês aprendem ainda no útero


Isabel Malzoni
por: Isabel Malzoni

barriga gravidez

Estudos mostram que o seu filho é capaz de sentir o toque desde antes de nascer (foto: Freeimages)

Ao nascer, os bebês têm pela frente um mundo inteiro para descobrir. Mas não pense que eles chegam aqui tão despreparados assim. Com os avanços da medicina fetal, a cada ano se descobrem novos aprendizados e várias habilidades que os bebês adquirem ainda na vida intrauterina. “Muitas dessas descobertas científicas são comprovações do que as mães já sabiam intuitivamente”, conta Renata Lopes Ribeiro, ginecologista e obstetra especialista em medicina fetal do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim (SP). A seguir, veja as mais interessantes.

Eles sentem

Já a partir da 8ª semana de gestação, de acordo com a obstetra Renata, os fetos respondem ao tato. Ou seja, eles sentem quando as mães e pessoas próximas fazem carinho no barrigão – e há indícios de que isso seja prazeroso para eles. É provável também que ele já sinta a si próprio, porque é comum vê-los pegando o próprio pé, a genitália, brincando com o cordão umbilical.

Estudos mais recentes apontam ainda que o feto também sente dor. Mas há controvérsias quanto ao período em que isso ocorre. Enquanto alguns especialistas acreditam que ele já tem esse tipo de sensação a partir da 20ª semana, outros asseguram que só aparece entre a 26ª e a 28ª semana.

Eles ouvem

“Sabe-se que o bebê é capaz de identificar a voz de sua mãe dentro do útero, além de reconhecer e se habituar com uma música específica”, explica o ginecologista e obstetra Paulo Martin Nowak, especialista em Medicina Fetal do Fleury Medicina e Saúde. Uma das pesquisas pioneiras sobre o tema, realizada no Reino Unido no final dos anos 80, demonstrou que alguns bebês identificavam, após o nascimento, a música de abertura da novela que as mães assistiram enquanto estava grávidas!  A audição se desenvolve por volta da 20ª semana de gestação e,  a partir daí, é que a maioria dos aprendizados fetais se inicia, diz o médico.

Eles percebem a luz

Acredita que, mesmo protegidinho dentro do útero, o feto começa a perceber a luminosidade a partir da 28ª semana de gestação? Segundo Nowak, a depender da maneira como se apontar uma lanterna para a barriga, observa-se que o bebê muda de posição, como se estivesse se protegendo da exposição à luz.

Eles sorriem ou “choram”

Com o advento da ultrassonografia 4D, os cientistas começaram a estudar o aprendizado das expressões faciais pelos bebês. Segundo pesquisadores da Universidade Durham e Lancaster, a partir da 24ª semana e com maior complexidade por volta da 36ª semana, os fetos já expressam dor, por exemplo, com o franzir das sombrancelhas e a extensão da boca, e também esboçam sorrisos. O que ainda não se sabe é se esses são só ensaios para uma futura comunicação fora do útero ou estão relacionados com sensações e emoções do bebê desde antes de nascer.

Eles soluçam

O feto pode soluçar bastante dentro da barriga, o que fica mais evidente no terceiro trimestre – e muitas vezes a mãe teme que ele esteja experimentando algum desconforto. Mas é justamente o contrário. “O soluço, na vida intrauterina, significa bem-estar. Esse movimento torácico vigoroso, inclusive, é um dos parâmetros que usamos para medir a vitalidade fetal”, explica Renata.

  • Isabel Malzoni

    É jornalista e sócia da Editora Caixote, que publica livros infantis interativos, como Pequenos Grandes Contos de Verdade, finalista do Prêmio Jabuti. Mãe de Diego, divide-se entre os cuidados com o bebê, descobertas culinárias e muitos, muitos textos Isabel Malzoni é

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)