Regras de etiqueta para festas infantis


Redação It Mãe
por: Redação It Mãe
Nosso it-team produz o conteúdo mais antenado para mães

Atente-se aos costumes e não faça feio nas festinhas infantis

Regras de etiqueta para festas infantis It Mãe

Bons modos devem ser postos em prática todos os dias, independente do local que você esteja e quem é a sua companhia. Afinal, é sempre importante mostrar educação. Portanto, algumas regras de etiqueta para festas infantis são insubstituíveis para manter o local agradável e saudável – para adultos e pequenos. 

Assim, evitam-se situações embaraçosas e mal entendidos, tanto para os donos da festa como para os convidados. Abaixo, você confere as principais regras para esse tipo de evento. Algumas são para convidados, outras para anfitriões. 

Convite e convidados

  • Levar mais alguém

Convidado não convida ninguém, principalmente outras crianças. Já imaginou levar algum priminho ou amiguinho do seu filho para uma festa em que as lembrancinhas são contadas ou personalizadas?! 

Se por acaso você precisar deixar alguma outra criança na festa, entre em contato com os pais do aniversariante alguns dias antes, perguntando se há essa possibilidade e se não irá atrapalhar. Mas, mesmo avisando, isso deve ser feito apenas em último caso! 

Horário

  • Pontualidade

Diferente de outros eventos sociais, em que chegar meia hora depois do início chega a ser até mesmo um costume cultural no Brasil, para festas infantis essa regra é diferente. Seja pontual. As crianças se cansam rápido e, quando cansados, também ficam irritados. 

  • Melhor horário

No caso de aniversários de um ou dois anos, marcar no final da tarde é interessante, pois os bebês já estão acordados (ou acordando) da soneca da tarde e, portanto, poderão aproveitar a festa. Já para as festas de crianças maiores, o horário pode variar bastante, tudo depende de cada ocisão.

  • Término 

Não é deselegante marcar horário de término para festas infantis. Porque, diferente de outros eventos sociais, isso ajuda aos pais a planejarem o dia de forma que as crianças aproveitem ao máximo a festa. 

Comes e bebes

  • Bebida alcoólica 

Festa infantil deve ser feita para crianças. Uma vez que crianças não bebem bebidas alcoólicas, as festas não precisam ter. Então, não se sinta na obrigação de servir na festa do seu filho. Por outro lado, caso você goste e queira servir, também não há problema algum. Nesse caso, os pais do aniversariante que mandam!  

  • Mesa de bolo e doces

Muitas pessoas têm o costume de, assim que acaba de cantar os parabéns, “atacar” os docinhos. Lembre-se de que o foco sempre deverá ser as crianças. Os adultos devem esperar todos os pequenos se servirem para que nenhum fique sem um docinho. 

Presentes

  • O que dar

Tudo depende da idade. Se ela estiver fazendo um ano, você pode focar em agradar aos pais, porque a criança ainda não terá discernimento para opinar. Mas, as crianças mais velhas possuem opiniões formadas e podem te dar algumas sugestões de presentes bem legais, que queiram ganhar.

  • Quando abrir

Os presentes devem ser abertos apenas depois da festa. Isso evita que algum presente se perca ou quebre. Além disso, lembre-se de que crianças são sinceras… Já imaginou seu filho dizendo para o seu chefe ou amigo que não gostou do presente que ganhou? E como se já não bastassem essas razões, há ainda a enorme chance de um amigo do seu filho pegar um presente aberto e não querer devolver mais… 

Agora que você já sabe todas as regras de etiqueta para festas infantis, sabe que pequenos detalhes fazem a diferença… São “boas maneiras” que evitam constrangimentos, estresses ou situações desnecessárias. 

No mais, aproveite a festa! 

  • Redação It Mãe

    Nossa equipe está sempre super antenada produzindo o melhor conteúdo para as mães. Tem alguma sugestão? Mande para contato@itmae.com.br

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)