Criança na cozinha: crescimento e aprendizado


Redação It Mãe
por: Redação It Mãe
Nosso it-team produz o conteúdo mais antenado para mães

Há alguns anos atrás, a presença das crianças na cozinha significava preocupação aos adultos. Ainda bem que, hoje, isso já ficou para trás. Afinal, os pequenos ficam encantados com o mundo mágico (não tão mágico assim para os adultos que passam o dia a dia na cozinha, rs) de transformar alimentos em refeições completas.

Como isso acontece? De onde vem tantos utensílios diferentes? O que eu faço com essa colher? Olha que legal essa panela prateada! São tantas cores, aromas, perfumes, texturas… A cozinha – ou melhor, a gastronomia – realmente é muito interessante, principalmente para aqueles que ainda estão descobrindo as possibilidades da vida.

Mas, muito mais do que isso, abraçar e fomentar o interesse da criança pela arte de cozinhar pode ser realmente enriquecedor para o seu crescimento. Porque estar na cozinha dá aos pequenos a oportunidade de ter aprendizados que, dificilmente, eles teriam no ensino regular.

Além disso, a cozinha também ajuda a complementar e reforçar o que é aprendido na escola. Como, por exemplo:

Matemática: 

Saber proporções, analisar medidas, somar valores… Se a receita pede três colheres de sopa de manteiga, por exemplo, deixe que seu filho conte e coloque esse ingrediente.

Língua Portuguesa: 

Que tal ler com o seu filho a receita que vocês irão preparar?

Trabalho em equipe: 

Na cozinha é impossível trabalhar sozinho. Enquanto uma pessoa separa os ingredientes, outra lê a receita, outra lava a louça e assim por diante. Trabalho em equipe é fundamental e, para os pequenos, é muito importante aprender sobre isso.

Contato com outros idiomas: 

A gastronomia é universal e é uma das principais formas de conectar diferentes lados do mundo. Por isso, é uma ótima oportunidade para o seu filho se acostumar com palavras como cookies, petit gateau, cream cheese, pizza, entre tantas outras que fazem parte do nosso dia a dia.

Paciência: 

Tudo o que é gostoso exige paciência para ficar pronto: bolo de chocolate, tortas, arroz, feijão ou macarrão. Então, levar seu filho a cozinha é uma ótima oportunidade para explicar a ele que não controlamos o tempo, e é preciso ter paciência para termos aquilo que queremos.

Atenção e concentração: 

Se você não ficar atento e concentrado, a farinha cai no chão, o chocolate queima, o creme de leite talha e por aí vai. Então, ir à cozinha pode ser uma ótima forma de treinar a concentração!

Ciência: 

O que é ebulição? E o que acontece com a massa de cookie quando entra no forno? Esfriar ou esquentar? Gelar ou queimar? Tudo isso faz parte do dia a dia da cozinha!

Pois é. Na cozinha, aprende-se muito, seja você adulto ou criança. Mas, é claro que, quando se trata dos pequenos, é importante tomar alguns cuidados para que a diversão e o aprendizado não se tornem machucados, como lavar bem as mãos após manusear limão e não mexer em facas ou outros objetos cortantes.  Com alguns cuidados básicos e sempre na supervisão de um adulto, cozinha é, sim, lugar para as crianças!

  • Redação It Mãe

    Nossa equipe está sempre super antenada produzindo o melhor conteúdo para as mães. Tem alguma sugestão? Mande para contato@itmae.com.br

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)